Corte peruana escuta apelação de prisão para parceiros da Odebrecht

Lima, 26 dez (EFE).- A Primeira Sala Penal de Apelações do Peru resolverá, nas próximas 72 horas, o recurso de apelação dos empresários Fernando Camet, José Castillo e Gonzalo Ferraro contra a prisão preventiva ditada contra si como representantes de firmas sócias da Odebrecht, informou nesta terça-feira o tribunal.

A sala votará o recurso de apelação, apresentado pelos advogados dos empresários numa audiência pública, e será notificado às partes num prazo máximo de 72 horas, indicou um comunicado do Poder Judicial.

O tribunal escutou os advogados de Fernando Camet, representante da JJCamet, de José Castillo, da ICCGSA e de Gonzalo Ferraro da Graña y Montero, este último em detenção domiciliar numa clínica de Lima por estar doente de cancro.

Outros dois empresários vinculados a Odebrecht, Hernando Graña e José Graña, da empresa Graña y Montero, receberam anteriormente a declaração de inadmissível às apelações que apresentaram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos