PUBLICIDADE
Topo

Ucrânia e separatistas começam maior troca presos desde início do conflito

27/12/2017 11h08

Kiev, 27 dez (EFE).- A Ucrânia e os separatistas pró-Rússia começaram nesta quarta-feira a fazer a maior troca de prisioneiros de guerra desde o explosão do conflito, em 2014, que acontece com a mediação da Igreja Ortodoxa Russa.

A parte ucraniana entregou 75 prisioneiros à autoproclamada república popular de Lugansk, que, por sua vez, libertou 16 soldados numa troca que acontece perto da cidade de Horlivka, uma zona sob controle de Kiev.

Inicialmente, os separatistas deveriam entregar hoje 74 soldados ucranianos, enquanto Kiev se comprometeu a libertar 306 prisioneiros de guerra.