Ataque com granada deixa pelo menos 31 feridos em boate na Colômbia

Bogotá, 29 dez (EFE).- A explosão de uma granada em uma boate no município de Caucasia, no noroeste da Colômbia, deixou pelo menos 31 pessoas feridas, 11 delas com gravidade, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O atentado foi perpetrado na madrugada desta sexta-feira por um homem e uma mulher contra uma boate onde estavam vários jovens dessa cidade do departamento de Antioquia, disse à rádio "Caracol" o prefeito de Caucasia, Óscar Aníbal Suárez.

Há "31 jovens feridos, 11 com gravidade", detalhou Suárez, que afirmou que nove já apresentam quadro estável.

Outras três jovens foram transferidas à cidade de Montaria, capital do departamento vizinho de Córdoba, uma das quais permanece em terapia intensiva, explicou o prefeito.

Veículos de imprensa locais indicaram que várias pessoas sofreram ferimentos por conta da explosão, enquanto outras se machucaram na correria causada pela emergência.

Suárez apontou como responsável pelo ataque um "matador de aluguel de 23 anos" que "ultimamente fazia os atentados" nesse município e o acusou de pertencer a um grupo de assassinos que atua na região.

Além disso, o prefeito confirmou a captura de uma mulher que supostamente entregou a granada ao sujeito.

"Parece que é por extorsão, é a informação que temos agora de investigação", afirmou Suárez, que confirmou que um conselho de segurança será realizado para esclarecer se o atentado foi dirigido contra alguma pessoa de outro bando.

Segundo a imprensa local, o ataque pode ter sido perpetrado pelo grupo criminoso Clan del Golfo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos