PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Netanyahu é levado ao hospital com febre alta e tosse forte

27/03/2018 17h03

Jerusalém, 27 mar (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, foi transferido nesta terça-feira ao Hospital Hadassah Ein Kerem de Jerusalém com febre alta e tosse, segundo informou em comunicado seu escritório, que garantiu que se trata apenas de uma recaída de uma indisposição prévia.

Seu médico pessoal, Zvi Berkowitz, afirmou que o chefe de governo, de 68 anos, "não completou o período de descanso requerido para a recuperação da sua doença de duas semanas atrás", razão pela qual lhe ordenou passar por exames hoje no hospital, explicou o comunicado.

Netanyahu chegou ao hospital em seu carro oficial e não em ambulância, e será submetido a alguns exames após os quais se decidirá se retorna para casa ou fica internado durante a noite, afirmou o jornal "Hadashot".

Há duas semanas, o chefe de governo israelense se queixou de mal-estar e, após submeter-se a alguns exames, Berkowitz lhe diagnosticou com uma inflamação de garganta e febre e lhe prescreveu medicação e descanso.

Sua indisposição provocou o cancelamento da sua participação em vários eventos e o atraso de um último interrogatório policial sobre supostos casos de corrupção nos quais estaria envolvido, ao qual finalmente se submeteu nesta segunda-feira.

Internacional