PUBLICIDADE
Topo

Monte de Saint-Michel, na França, é evacuado devido a alerta de segurança

Damien Meyer/AFP
Imagem: Damien Meyer/AFP

Em Paris

22/04/2018 07h04Atualizada em 22/04/2018 10h06

O histórico Monte de Saint-Michel, no litoral oeste da França, foi evacuado neste domingo (22) pela guarda francesa por conta da presença de "um indivíduo com atitude ameaçante", informou a imprensa local.

As forças da ordem interromperam o tráfego de ônibus turísticos depois que várias testemunhas denunciaram perante as autoridades a presença de um homem que ameaçava matar policiais.

O sujeito foi apontado por um guia turístico, assim como pelo proprietário de uma cafeteria que escutou igualmente suas advertências.

"Um indivíduo entrou no Monte Saint-Michel e, diante do proprietário de uma cafeteria, proferiu ameaças muito precisas contra as forças da ordem", disse o prefeito regional do departamento de Mancha, Jean-Marc Sabathé, em declarações coletadas pela emissora "France Info".

Cerca de 50 militares e um helicóptero foram ao local, que foi evacuado, além de casa por casa ter sido revistada, mas não encontraram o suspeito que, segundo o governador regional, muito possivelmente já está fora da pequena ilha.

Mais tarde, Sabathé confirmou ao canal "BFMTV" o fim da intervenção das autoridades no Monte Saint-Michel, sem que a pessoa procurada tenha sido localizada.

Segundo Sabathé, que compartilhou a descrição das testemunhas e das câmeras de segurança, trata-se de um homem jovem de entre 20 a 30 anos, vestido com camiseta branca e calças escuras.

Carregado com uma mochila, as autoridades não esclareceram se o indivíduo estava armado e não puderam confirmar ainda a natureza do ocorrido.

Na dúvida, as autoridades preferiram fechar a abadia onde seriam realizados ofícios religiosos e evacuar o Monte que às 11h (6h em Brasília) encontrava-se já praticamente vazio.

Sabathé informou também que a reabertura do Monte deve acontecer na tarde deste domingo no horário local.

O monte Saint-Michel, o ponto mais turístico da Normandia e um dos maiores da França com mais de três milhões de visitas por ano, figura na lista do patrimônio da humanidade da Unesco desde 1979.