Vargas Lleras pede que candidatos colombianos aceitem resultados das eleições

Bogotá, 27 mai (EFE).- O candidato presidencial colombiano Germán Vargas Lleras, do movimento Melhor Vargas Lleras, pediu neste domingo a seus concorrentes que aceitem o resultado das eleições de hoje.

"Às 18h saberemos os dois candidatos que estarão no segundo turno, é importante respeitar as instituições, confiar no Registro (Nacional, ente organizador dos pleitos) e aceitar plenamente o resultado", comentou o candidato de centro-direita após depositar seu voto na urna.

Na semana prévia às eleições causaram polêmica as denúncias do candidato de esquerda Gustavo Petro, do movimento Colômbia Humana, que disse que estava sendo armada uma fraude eleitoral a favor de Vargas Lleras.

No entanto, sua campanha reduziu neste sábado a intensidade das declarações e disse confiar na observação nacional e internacional.

Vargas Lleras chegou ao colégio eleitoral do bairro Ciudad Jardín, no sul de Bogotá, junto com sua esposa Luz María Zapata e sua filha Clemencia em meio a uma fanfarra de tambores e simpatizantes que o aplaudiam.

Como favorito em todas as pesquisas aparece o uribista Iván Duque, do partido Centro Democrático, na frente de Petro e do ex-prefeito de Medellín, Sergio Fajardo, da Coalizão Colômbia (centro-esquerda).

Muito atrás nas pesquisas aparecem Vargas Lleras e o candidato do Partido Liberal, Humberto de la Calle.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos