Rei Philippe da Bélgica e primeiro-ministro do país visitam afetados em Liège

Liège (Bélgica), 29 mai (EFE).- O rei Philippe da Bélgica e o primeiro-ministro belga, Charles Michel, se deslocaram nesta terça-feira até Liège para acompanhar de perto a investigação e dar apoio às vítimas do tiroteio ocorrido nesta manhã na cidade, que deixou três mortos.

O rei e o primeiro-ministro visitaram a delegacia central da cidade acompanhados do ministro do Interior, Khan Jambon, e do ministro de justiça, Koen Geens, para se reunir com o promotor Philippe Dulieu e a governadora interina de Liège, Catherine Delcourt, assim como outros representantes da cidade.

Além disso, segundo fontes da delegacia, os representantes políticos e o rei belga tiveram a oportunidade de visitar os dois policiais feridos no tiroteio desta manhã.

O tiroteio aconteceu por volta das 10h30 local (5h30, em Brasília), quando um homem esfaqueou dois policiais e iniciou um tiroteio ao lado de um instituto, deixando três vítimas mortais e dois feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos