PUBLICIDADE
Topo

Ex-primeiro-ministro malaio é acusado de abuso de poder em caso de corrupção

03/07/2018 23h13

Bangcoc, 4 jul (EFE).- O ex-primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, foi acusado nesta quarta-feira (data local) em um tribunal de Kuala Lumpur, de abuso de poder em um caso relacionado ao suposto desvio milionário do fundo estatal 1 Malaysia Development Berhad (1MDB).

Najib, de 64 anos, foi preso ontem em sua residência na capital do país, quase dois meses após perder as eleições para o atual chefe do Governo, Mahathir Mohamad, diz o site do "Channel NewsAsia".

O ex-primeiro-ministro, que passou a noite na prisão, chegou no início da manhã ao tribunal vestindo com terno azul escuro e uma gravata vermelha.