PUBLICIDADE
Topo

Espanha resgata 232 imigrantes no Estreito de Gibraltar

29/08/2018 13h52

Algeciras (Espanha), 29 ago (EFE).- Soldados do Salvamento Marítimo espanhol resgataram nesta quarta-feira no Estreito de Gibraltar 232 imigrantes que tentavam chegar ao litoral da Espanha a bordo de nove pequenas embarcações.

Fontes desse órgão público espanhol disseram à Agência Efe que primeiro foram resgatados 67 imigrantes que viajavam a bordo de três pequenas embarcações.

Posteriormente, foram resgatados outros 119 imigrantes de origem norte-africana que viajavam a bordo de duas embarcações, enquanto uma lancha da Cruz Vermelha resgatou oito norte-africanos que viajavam em três lanchas infláveis de brinquedo.

Na última operação do Salvamento Marítimo foram resgatadas 38 pessoas que navegavam em outra embarcação.

Dois imigrantes que apresentavam sintomas de hipotermia foram evacuados pela Cruz Vermelha e outro, localizado na água, foi levado ao Porto de Algeciras (sul), enquanto os outros foram transferidos a uma embarcação que permanece em águas do Estreito de Gibraltar.

Até 24 de agosto chegaram à Espanha de maneira irregular por via marítima 26.607 pessoas, 178,3% a mais que no mesmo período do ano anterior, uma porcentagem similar ao registrado em 2017 se comparado com 2016 (170%), informou hoje o ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska.

O ministro explicou que desde 2015 houve uma mudança de tendência das rotas oriental e central do Mediterrâneo para a ocidental, que conduz à Espanha.

Tradicionalmente há quatro rotas usadas por imigrantes irregulares no Mediterrâneo: a Ocidental, dirigida à Espanha, a dos Balcãs Ocidentais e a Oriental, com destino à Grécia, e a Central, que conduz à Itália.