PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Próxima reunião entre Trump e Putin pode ocorrer em Buenos Aires ou Paris

22/10/2018 18h55

Washington, 22 out (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o da Rússia, Vladimir Putin, poderão se reunir em Buenos Aires durante a Cúpula do G20 ou em Paris, durante a comemoração dos cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial, segundo antecipou uma fonte do governo americano.

"Há duas possibilidades (para um novo encontro bilateral), incluindo o G20 em Buenos Aires e o desfile em Paris pelo dia do armisticio" da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), disse um funcionário de alto cargo do governo dos EUA, que pediu o anonimato, em uma conversa com um pequeno grupo de jornalistas.

De acordo com a mesma fonte, "é mais provável que seja no G20, e o convite do presidente Trump para que Putin visite Washington segue de pé".

O assessor de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, que está de visita em Moscou, reconheceu nesta segunda-feira que falou sobre uma possível nova reunião bilateral durante um encontro com o secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev.

"Abordamos essa possibilidade. Considero que agora o próximo passo deve ser dado o presidente Putin. É possível que em breve tenhamos algo para contar", afirmou Bolton à emissora de rádio "Eco de Moscou".

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o governo russo está disposto a participar de uma cúpula de nível presidencial, mas que os preparativos para isso ainda não começaram.

O possível encontro em Buenos Aires ou Paris não representaria tecnicamente uma nova cúpula bilateral como a que Trump e Putin fizeram em julho em Helsinque, um tipo de encontro que costuma mais longo e complexo de se organizar.

Trump quer que a segunda reunião com Putin seja em Washington, por isso convidou o presidente russo a visitar a capital americana em 2019, mas se ofereceu a visitar Moscou depois desta reunião.

Internacional