Topo

Parlamento macedônio aprova mudança de nome do país para Macedônia do Norte

OGNEN TEOFILOVSKI/REUTERS
10.jan.2018 - Mulher se manifesta contra o acordo feito com a Grécia para a mudança do nome da Macedônia Imagem: OGNEN TEOFILOVSKI/REUTERS

2019-01-11T17:18:00

11/01/2019 17h18

O parlamento da Antiga República Iugoslava da Macedônia aprovou nesta sexta-feira (11) as mudanças necessárias na Constituição para que o país passe a se chamar Macedônia do Norte, como estipulou em um acordo com a Grécia para encerrar uma disputa aberta durante mais de 25 anos.

O primeiro-ministro, Zoran Zaev, teve problemas para conseguir a maioria de dois terços necessária para reformar a Carta Magna, mas, finalmente, na tarde desta sexta-feira, conseguiu que 81 deputados apoiassem as mudanças que abrirão ao país as portas da Otan e das negociações de adesão à União Europeia (UE).

As mudanças aprovadas na Constituição se referem ao nome do país, ao preâmbulo da Carta Magna, à diáspora, à integridade territorial e à soberania dos países vizinhos, e eram uma parte fundamental do acordo assinado com a Grécia.