PUBLICIDADE
Topo

Caracas recupera normalidade, mas falta de energia persiste na Venezuela

29/03/2019 10h50

Caracas, 29 mar (EFE).- Caracas amanheceu nesta sexta-feira com fornecimento de energia elétrica e atividade de trabalho normal, embora os colégios ainda continuem fechados, depois do apagão que afetou praticamente toda a Venezuela na segunda-feira passada, embora os cortes de energia continuem afetando várias regiões do país.

Na capital venezuelana as lojas abriram de novo suas portas depois de se cancelar a suspensão de atividades de trabalho ordenada pelo Governo de Nicolás Maduro, depois do blecaute que deixou quase todo o país na escuridão por três dias.

Os canais eletrônicos de pagamento voltaram a estar disponíveis, assim como a oferta de combustíveis na maioria dos postos de gasolina de Caracas.

O metrô, essencial para a mobilização de passageiros depois do colapso do transporte público, retomou atividades nas suas três linhas, o mesmo que a ferrovia que liga parte do estado de Miranda com Caracas.

Apesar disso, estes sistemas de transporte, que mobilizam todo dia milhões de pessoas, mostravam pela manhã pouca afluência de passageiros e o ritmo nas ruas era lento.

Enquanto isso, em estados como Táchira, Zulia, Aragua e Carabobo persistem falhas no fornecimento sem que o Governo tenha informado até o momento sobre a situação. EFE