Topo

Tribunal Eleitoral do Panamá anula candidaturas do ex-presidente Martinelli

26/04/2019 11h18

Panamá, 26 abr (EFE).- O ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli, acusado de espionagem por supostas escutas ilegais e peculato, não poderá ser candidato a prefeito da Cidade do Panamá nem a deputado, informou nesta sexta-feira o Tribunal Eleitoral, ao acolher a impugnação contra essas candidaturas.

A decisão despreza a ordem de uma juíza eleitoral que tinha aceitado as candidaturas do ex-presidente, de 67 anos, e não admite mais recursos.

A anulação das candidaturas do ex-presidente panamenho, que se diz um perseguido político, é em resposta a uma impugnação apresentada pelo advogado Jorge Rubio, que denunciou que Martinelli não poderia ser candidato porque não cumpria o requisito de ter vivido pelo menos um ano antes das eleições na circunscrição eleitoral para os cargos aos quais quer concorrer. EFE

Mais Internacional