Topo

Bélgica diz que "brexit ordenado" continua sendo a melhor opção

24/05/2019 11h11

Bruxelas, 24 mai (EFE).- O primeiro-ministro interino da Bélgica, Charles Michel, declarou nesta sexta-feira, após o anúncio de renúncia da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, que um "brexit ordenado" continua sendo a melhor opção para este país e para a União Europeia (UE).

"Uma saída ordenada continua sendo a melhor maneira de salvaguardar o interesse de nossa gente e das nossas economias. Sigamos por esse caminho!", disse Michel em mensagem divulgada no Twitter, acompanhada de uma foto com May em Londres.

Por proximidade geográfica e relações econômicas, a Bélgica, país que terá eleições federais no próximo domingo, seria um dos países mais afetados por uma saída do Reino Unido da UE sem acordo entre as partes.

O chefe do Governo belga, interino, agradeceu a "determinação e cooperação" da premiê britânica durante o tempo em que conduziu as negociações de separação entre Londres e Bruxelas.

"Apesar das nossas diferenças, Theresa May mostrou uma mentalidade aberta para resolver o brexit para o Reino Unido e a UE", ressaltou Michel. EFE

Internacional