Topo

Papa se diz comovido por foto de pai e filha afogados na fronteira México-EUA

Reuters
Imagem: Reuters

Em Cidade do Vaticano

2019-06-26T11:29:00

26/06/2019 11h29

O diretor da sala de imprensa do Vaticano, Alessandro Gisotti, informou em nota hoje que o papa Francisco viu "com imensa tristeza" a foto de um pai e sua filha afogados no rio Bravo, no México, e que reza por eles e por todos os migrantes que morreram tentando escapar dos problemas que assolam seus países.

"Com imensa tristeza, o Santo Padre viu as imagens do pai e de sua filha bebê que se afogaram no rio Grande enquanto tentavam atravessar a fronteira entre o México e os Estados Unidos. O papa está profundamente triste com a morte e está orando por eles e por todos os migrantes que perderam suas vidas enquanto tentavam fugir da guerra e da miséria", diz o texto.

A imagem, que rodou o mundo, mostra Oscar Alberto Martínez Ramírez, de 25 anos, e filha Valeria, de um ano e 11 meses, afogados em uma das margens do rio Bravo, perto da cidade mexicana de Matamoros. O caso aconteceu no domingo.

Reuters
Corpo do migrante salvadorenho Óscar Martínez Ramírez e sua filha foram encontrados no Rio Bravo em Matamoros, estado de Tamaulipas, fronteira entre México e Estados Unidos Imagem: Reuters

De acordo com Tania Vanessa Ávalos, mãe e esposa das vítimas, a água levou a menina e o pai pulou para resgatá-la. Ambos foram levados pela correnteza e desapareceram.

A família era de El Salvador e os dois foram encontrados na segunda-feira a apenas um quilômetro de uma ponte internacional.

Hoje, após a audiência geral das quartas-feiras, o papa agradeceu aos mexicanos a acolhida aos migrantes.

"Quero felicitar os mexicanos, porque são tão acolhedores com os migrantes. Que Deus vos pague", disse o pontífice.

Mais Internacional