PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

EUA chegam a 71 mil mortes por coronavírus, aponta balanço da Johns Hopkins

Mehmet Emin Menguarslan / Anadolu Agency
Imagem: Mehmet Emin Menguarslan / Anadolu Agency

06/05/2020 13h05

Os Estados Unidos chegaram nesta terça-feira a 1.203.502 casos de contágio pelo novo coronavírus e a 71.022 mortes por covid-19, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Pelo balanço da instituição às 21h de Brasília, houve 24.596 casos a mais do que os registrados há 24 horas e 2.333 novas mortes.

Do número total de casos confirmados, 189.791 são de pessoas que se curaram, e 942.690 seguem infectadas.

Embora os números tenham diminuído nos últimos dias, o estado de Nova York continua a ser o epicentro da pandemia nos Estados Unidos, com 321.192 casos de infecção e 25.073 mortes. A vizinha Nova Jersey tem 130.593 casos e 8.244 mortes e é o segundo estado com maiores números. Em terceiro aparece Massachusetts (70.271 casos e 4.212 mortes), seguido por Illinois (65.889 e 2.834, respectivamente).

O número provisório de mortes - 71.022 - ainda está abaixo das estimativas iniciais da Casa Branca, que projetavam de 100 mil a 240 mil mortes, mas já é maior que as estimativas mais otimistas feitas pelo presidente Donald Trump, de 50 mil a 60 mil mortes.

No último domingo, o presidente americano voltou a arriscar um palpite e disse que o total ficará entre 75 mil e 100 mil, além de ter defendido a decisão de vários estados de eliminar gradualmente as medidas de distanciamento social.

Em entrevista concedida nesta terça-feira à rede "ABC", Trump admitiu que "é possível que haja algumas (mortes quando o país reabrir), porque as pessoas não ficarão mais trancadas".

Coronavírus