PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Putin e Biden declaram seu compromisso com a segurança estratégica

17/06/2021 01h55

Genebra, 16 jun (EFE).- Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e dos Estados Unidos, Joe Biden, adotaram nesta quarta-feira uma declaração conjunta na qual constatam que seus países são capazes de alcançar, mesmo em períodos de tensão, avanços na segurança estratégica.

O documento destaca que "Rússia e Estados Unidos mostraram que, mesmo em períodos de tensão, são capazes de avançar no cumprimento de objetivos comuns para garantir a previsibilidade no campo estratégico, reduzir os riscos de conflitos armados e a ameaça de guerra nuclear".

"A recente extensão do tratado START III é um sinal de nosso apego ao controle de armas nucleares. Hoje reafirmamos nosso apego ao princípio de que em uma guerra nuclear não pode haver vencedores e ela nunca deve ser desencadeada", acrescenta o comunicado de três parágrafos divulgado pela presidência russa.

Por fim, o texto enfatiza que, "para atingir esses objetivos, a Rússia e os Estados Unidos iniciarão em breve um amplo diálogo bilateral sobre segurança estratégica, que será substancial e enérgico".

"Com esse diálogo, tentaremos lançar as bases do futuro controle de armas e das medidas de mitigação de risco", conclui o comunicado.

Esta declaração conjunta foi a única adotada após a cúpula de quatro horas e meia realizada hoje por Putin e Biden na Villa La Grange, em Genebra.