PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Presidente do México pede fim de bloqueio imposto pelos EUA contra Cuba

16/09/2021 23h07

Cidade do México, 16 set (EFE).- O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, pediu nesta quinta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, encerre as sanções contra Cuba, após afirmar que a população do país caribenho é um exemplo para a humanidade, por resistir durante 62 anos contra as restrições.

"O governo que represento chama respeitosamente o governo dos Estados Unidos a levantar o bloqueio contra Cuba, porque nenhum Estado tem o direito de submeter outro povo, outro país", disse López Obrador, em pronunciamento que fez parte das comemorações do Dia da Independência mexicano.

O chefe de governo do México exaltou Cuba pela resistência e propôs que o país seja declarado Patrimônio da Humanidade.

Em visita ao país norte-americano, o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, afirmou em discurso que o país sofre "as lutas de uma guerra multidimensional, com um bloqueio criminoso intensificado de maneira oportunista".

López Obrador garantiu que as pessoas e regimes podem concordar ou não com a Revolução Cubana ou com o governo da ilha caribenha, "mas ter resistido por 62 anos, sem desistir, é uma indiscutível façanha histórica", antes de pedir por uma reconciliação.

"Tomara que o presidente Biden, que possui suficiente sensibilidade política, atue com grandeza e encerra os bloqueios contra Cuba, destacou o presidente mexicano, sobre medidas que classificou como "perversas".