PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

UE ativa sistema de satélites para monitorar erupção de vulcão na Espanha

20/09/2021 16h07

Bruxelas, 20 set (EFE).- A União Europeia (UE) ativou nesta segunda-feira o sistema de satélites que possui, para acompanhar a erupção vulcânica em La Palma, nas Ilhas Canárias, que teve início ontem e já devastou casas e infraestruturas locais.

Além disso, Comissão Europeia (CE) já está em contato com as autoridades do país europeu para oferecer apoio adicional, afirmou a presidente do Executivo comunitário, Ursula von der Leyen.

"Estamos juntos com todas as pessoas nas Ilhas Canárias, diante da erupção do vulcão em La Palma. Estamos em contato com as autoridades espanholas para prover apoio adicional, caso necessário", afirmou a líder europeia, que está em Nova York, nos Estados Unidos, para participar da Assembleia Geral da ONU.

A UE ativou, a pedido do serviço de defesa civil do bloco, o sistema de mapeamento rápido dos satélites Copérnico e utilizará o satélite Sentinel 2 para manter o controle da situação na região, de acordo com informações divulgadas pela Comissão Europeia.

O Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan) informou hoje que a erupção, que começou às 11h12 (de Brasília), lançou de 6 mil a 9 mil toneladas diárias de dióxido de enxofre (SO2). A lava é lançada a uma altura média de seis metros e avança a 700 metros por hora.

Enquanto isso, mais de 5 mil pessoas já tiveram que deixar os locais onde viviam, para que tivessem a segurança garantida. A Unidade Militar de Emergências do Exército da Espanha deslocou para a região 67 integrantes e 30 veículos. EFE

lpc/bg