PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
5 meses

França volta a bater recorde com 335 mil casos de covid-19 em 24 horas

05/01/2022 20h36

Paris, 5 jan (EFE).- A França registrou nesta quarta-feira um novo recorde, ao reportar 335 mil novos casos de covid-19 em 24 horas, após os 271.686 comunicados na véspera, enquanto também aumentaram as internações, que ainda estão em níveis bem inferiores aos das ondas de contágio anteriores.

Antes de a agência de saúde pública divulgar os números do dia, o ministro da Saúde, Olivier Véran, antecipou o número de 335 mil novos casos durante o debate na Assembleia Nacional sobre um projeto de lei para impor um certificado de vacinação em vez do certificado sanitário.

Véran justificou o projeto de lei, que se adotado como o governo quer que seja, na próxima semana, exigiria um ciclo completo de vacinação para diversas atividades sociais, como tomar algo em um bar ou restaurante, ir ao cinema, um show, um teatro ou viajar em transportes públicos de longa distância.

O ministro destacou que as pessoas que não estão vacinadas têm 20 vezes mais chances de acabar em unidades de terapia intensiva (UTI) do que as outras.

Hoje há 20.688 pessoas hospitalizadas com coronavírus na França, 3.695 em UTIs, contra 20.186 e 3.665, respectivamente, na terça-feira.

No entanto, estes números estão muito longe dos recordes de 33.500 hospitalizados em meados de novembro de 2020 e mais de 7.100 em UTIs no início de abril de 2020.

A taxa de incidência do coronavírus de sete dias na França passou a marca de 1.850 casos a cada 100 mil habitantes desde 1º de janeiro, o último dia para o qual existem dados oficiais disponíveis.

O número de mortos também tem aumentado. Na terça-feira, foram registradas 351 novas mortes, enquanto 1.249 mortes foram computadas na semana anteriore até 31 de dezembro. EFE