PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Lavrov informa aos Brics sobre la campaña militar rusa en Ucrania

19/05/2022 21h53

Moscou, 19 mai (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, informou nesta quinta-feira aos demais chanceleres do Brics sobre a campanha militar da Rússia na Ucrânia durante uma reunião ministerial do grupo formado também por Brasil, Índia, China e África do Sul.

"Lavrov relatou em detalhes os principais aspectos do desenvolvimento da situação na Ucrânia no âmbito da operação militar especial", disse o Ministério das Relações Exteriores russo em comunicado.

Ao contrário da maioria da comunidade internacional, a Rússia não foi criticada por seus parceiros do Brics após o início da invasão à Ucrânia, em 24 de fevereiro.

Pelo contrário, a China culpou diretamente o Ocidente e a Otan pelo conflito, criticando o avanço da aliança militar para o leste europeu e o envio de armas para a Ucrânia, o que, segundo Pequim, só agrava a situação.

A Índia, por sua vez, aumentou significativamente as compras de petróleo bruto russo e se recusou a aderir às sanções contra Moscou.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores russo, durante a reunião ministerial, realizada por teleconferência, os chefes de diplomacia dos países do Brics trocaram pontos de vista sobre questões internacionais.

"Os ministros discutiram questões relacionadas ao fortalecimento de princípios coletivos em assuntos internacionais, conflitos regionais, a luta contra novos desafios e ameaças, e a interação dos países do quinteto em espaços multilaterais", informou a Chancelaria russa.

Além disso, "foi dedicada atenção especial ao estado e às perspectivas de cooperação entre os cinco países"..

No âmbito da reunião, foi realizada uma sessão de formato ampliado com a participação dos ministros das Relações Exteriores de Argentina, Egito, Indonésia, Cazaquistão, Nigéria, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Senegal e Tailândia, na qual foi discutida a interação no âmbito da ONU, da OMC e do G20. EFE