PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Rússia destaca interesse da Argentina em aderir ao Brics

O presidente da Argentina, Alberto Fernández - Gabriel Bouys/Reuters
O presidente da Argentina, Alberto Fernández Imagem: Gabriel Bouys/Reuters

26/05/2022 20h12Atualizada em 26/05/2022 20h28

Moscou, 26 maio (EFE).- O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, destacou nesta quinta-feira o interesse da Argentina em aderir ao grupo Brics (formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

"A Argentina, através da boca de seu ministro das Relações Exteriores, Santiago Cafiero, expressou o desejo de se tornar um membro pleno dos Brics", disse Lavrov em entrevista ao canal de televisão "RT Arabic".

O interesse de longa data da Argentina em se juntar ao grupo é apoiado pelo Brasil e pela China, e de fato Cafiero foi recentemente convidado a participar de uma reunião virtual do grupo.

Lavrov acrescentou que o grupo está atualmente se preparando para sua 14ª cúpula dos líderes, marcada para 24 de junho.

A Argentina também foi convidada para a cúpula, que será presidida pelo presidente chinês, Xi Jinping.

O chefe da diplomacia russa enfatizou que Moscou é a favor de "parcerias construtivas e positivas, que não são dirigidas contra ninguém".

Na reunião virtual de 19 de maio, Cafiero pediu um "cessar-fogo" entre a Ucrânia e a Rússia, algo que ele considerou "imperativo" para redirecionar a "crise global", e advertiu que os países emergentes e em desenvolvimento são particularmente afetados pelo aumento dos preços dos alimentos, fertilizantes e energia.

Internacional