PUBLICIDADE
Topo

Rússia e EUA concordam que Ucrânia precisa de reforma constitucional

Lidia Kelly

De Moscou (Rússia)

16/03/2014 11h31

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, concordaram neste domingo (16) em buscar uma solução para a crise na Ucrânia com base em reformas constitucionais no país, disse o ministério russo.

O ministério não entrou em detalhes sobre que tipo de reformas seriam necessárias, restringindo-se a dizer que elas deveriam ocorrer "em uma forma aceitável em geral, ao mesmo tempo que levando em conta os interesses de todas as regiões da Ucrânia".

Não houve confirmação imediata de Washington.

Em sua segunda conversa telefônica em dois dias, Lavrov também pediu que Kerry use a influência dos EUA para encorajar autoridades de Kiev a pararem "enormes ilegalidades" contra a população de idioma russo.

"Sergei Viktorovich Lavrov e John Kerry concordaram em continuar o trabalho para buscar uma resolução sobre a Ucrânia por meio de um rápido lançamento de reformas constitucionais com o apoio da comunidade internacional", disse o ministério russo, em um comunicado.