Trump pede cancelamento de compra de novo avião presidencial dos EUA

Em Washington

  • Reuters

    20.mar.2016 - O Air Force One sobrevoa Havana (Cuba)

    20.mar.2016 - O Air Force One sobrevoa Havana (Cuba)

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu nesta terça-feira (6) ao governo para cancelar a compra do novo avião presidencial, um novo Boeing Air Force One, dizendo ser "ridículo" e muito caro.

"A Boeing está fabricando um novo 747 Air Force One para futuros presidentes, mas os custos estão fora de controle, mais de 4 bilhões de dólares. Cancelem o pedido!", disse Trump em publicação no Twitter.

Falando pouco depois a repórteres em Nova York, Trump disse: "O avião está totalmente fora de controle. Acho que é ridículo. Acho que a Boeing está exagerando um pouco".

"Queremos que a Boeing faça muito dinheiro, mas não tanto dinheiro", acrescentou Trump, que assume a presidência em 20 de janeiro.

A Boeing não retornou imediatamente um pedido de comentários.

A Força Aérea anunciou pela primeira vez em janeiro de 2015 que o modelo 747-8 da Boeing seria usado para substituir os dois atuais aviões da Força Aérea usados para transportar o presidente dos EUA. Air Force One é um dos símbolos mais visíveis dos Estados Unidos.

Detalhes sobre o valor total do novo contrato não foram divulgados, mas a Força Aérea já disse que havia destinado US$ 1,65 bilhão para dois jatos substitutos.

A Força Aérea dos EUA concedeu em janeiro à Boeing Co um contrato inicial no valor de US$ 25,8 milhões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos