Preços avançam, mas perspectiva de maior produção nos EUA limita ganhos

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo subiam nesta segunda-feira, mas os ganhos eram limitados dúvidas dos investidores sobre o quanto o aumento no número de plataformas de perfuração nos Estados Unidos e estoques em máximas podem ofuscar o impulso dado aos preços por acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para cortar a produção e equilibrar o mercado.

O petróleo Brent subia 0,42 dólar, ou 0,75 por cento, a 56,23 dólares por barril, às 8:45 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,31 dólar, ou 0,58 por cento, a 53,71 dólares por barril

Apesar do otimismo com a Opep, evidências do aumento da produção nos Estados Unidos têm moderado o apetite dos gestores de dinheiro para elevar ainda mais os preços. Desde o início do mês, os preços do petróleo avançaram cerca de 2 dólares.

"Ainda existe um consenso geral de que o acordo de membros e não-membros da Opep ajuda a oferta a ficar em linha com a demanda. Esta posição altista é contrabalançada pelos estoques cada vez maiores nos EUA e pelo crescente número de plataformas em operação", disse o estrategista da PVM Oil Associates Tamas Varga em uma nota.

Estimativas indicam que o cumprimento do acordo da Opep para cortes é de cerca de 90 por cento, enquanto a Reuters informou na semana passada que a Opep pode estender o pacto ou aplicar cortes mais profundos a partir de julho se os estoques globais de petróleo não caírem o suficiente.

(Por Amanda Cooper)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos