Próximo embaixador do México nos EUA chama tratamento de Trump de inaceitável

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O próximo embaixador do México nos Estados Unidos chamou nesta terça-feira o tratamento dado pelo presidente Donald Trump ao vizinho do sul como, segundo ele, “inaceitável” e defendeu um mecanismo migratório para evitar os cruzamentos ilegais de mexicanos para os EUA.

Gerónimo Gutiérrez, que será o terceiro embaixador mexicano nos EUA em menos de um ano, falava numa sessão no Senado do México.

"O tratamento recebido pelo nosso país é inaceitável e claramente não favorável”, disse ele. “Trump e o seu governo merecem respeito, e eles terão isso uma vez que haja reciprocidade.”

Gutiérrez não deu detalhes sobre o mecanismo migratório.

O governo norte-americano divulgou orientações nesta terça-feira mostrando que quase todos os imigrantes sem documentação legal estarão sujeitos à deportação, mas haverá proteções para os que entraram ilegalmente quando crianças.

Gutiérrez, que deve ser ratificado pelo Senado mexicano nesta semana, teve postos importantes nos dois governos anteriores liderados pela oposição de centro-direita.

(Reportagem de Anahi Rama)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos