Polícia alemã apreende facas, bastões e artigos incendiários antes de cúpula do G20

BERLIM/HAMBURGO (Reuters) - A polícia da Alemanha apreendeu facas, tacos de beisebol e dispositivos incendiários em vários pontos de Hamburgo e arredores que aparentemente seriam utilizados em protestos anticapitalismo durante a cúpula do G20 na cidade alemã na sexta-feira e no sábado.

Autoridades estimam que aproximadamente 8 mil manifestantes irão se reunir em Hamburgo, enquanto a chanceler alemã, Angela Merkel, recebe os líderes do grupo formado pelas 20 economias avançadas e em desenvolvimento, disse o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, nesta terça-feira. Cerca de 20 mil policiais estarão em serviço.

"Há evidência de que os atos de violência ao redor da cúpula do G20 que nós tínhamos previsto e temido acontecerão", disse Ralf Martin Meyer, chefe da polícia de Hamburgo.

O policial Jan Hieber disse que a polícia provavelmente só encontrou uma pequena parte das armas que foram estocadas para uso nos protestos.

A polícia disse que os itens encontrados também incluem bastões, garrafas e latas que acredita estarem cheias de líquido inflamável, além de produtos químicos não identificados e máscaras de gás.

(Reportagem de Andrea Shalal e Reuters TV)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos