Roma faz teste de segurança para turistas na Fontana di Trevi

ROMA (Reuters) - Os visitantes da Fontana di Trevi de Roma se mostraram comportados nesta terça-feira, quando a cidade começou a testar um plano para impedir que os turistas coloquem os pés na bacia do ponto turístico de centenas de anos.

Uma revolta pública causada pelo comportamento inadequado nos monumentos da capital da Itália levou a prefeita a decretar, em junho, que qualquer pessoa flagrada andando nas fontes ou fazendo piquenique em seus pedestais pode receber uma multa de até 240 euros.

Voluntários em uniformes da polícia patrulhavam a multidão ao redor da bacia de calcário.

"Neste estágio inicial, eles estão aqui para ajudar as pessoas a desfrutarem do monumento quando ele está mais lotado, tentando fazer com que as pessoas respeitem o decreto da prefeita", disse o comandante de polícia local, Diego Porta, à Repubblica TV.

O ministro da Cultura italiano sugeriu que as visitações fossem limitadas em alguns dos patrimônios culturais do país, que incluem todos os centros históricos de algumas cidades, entre elas Roma.

   (Por Max Rossi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos