Temer diz que não há menor cogitação de transferir controle da Embraer

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer afirmou nesta sexta-feira que não há a menor cogitação de transferir o controle da Embraer para outra empresa e disse que não chegou a seu gabinete uma decisão sobre conversas entre Boeing e fabricante de aviões brasileira.

"Quando chegar (uma decisão), eu examinarei", disse o presidente a jornalistas, ressaltando que oficialmente as tratativas entre as empresas não chegaram ao Palácio do Planalto.

Temer disse que "golden share serve para isso, para o governo tomar essa decisão", em uma referência à ação especial que dá ao governo poder de veto em decisões estratégicas da Embraer.

Na véspera, as fabricantes de aviões Embraer e Boeing afirmaram que estão discutindo uma combinação de seus negócios, em um movimento que pode consolidar um duopólio global na indústria de aviação.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos