Presidente da Turquia chama Assad de terrorista

TÚNIS (Reuters) - O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, chamou nesta quarta-feira o presidente sírio, Bashar al Assad, de terrorista e disse que é impossível que os esforços de paz na Síria continuem com ele.

"Assad é definitivamente um terrorista que tem conduzido terrorismo estatal", disse Erdogan, em coletiva de imprensa televisionada com seu colega tunisiano, Beji Caid Essebsi, em Túnis.

"É impossível continuar com Assad. Como podemos abraçar o futuro com um presidente sírio que matou quase 1 milhão de seus cidadãos?", disse.

(Reportagem de Tuvan Gumrukcu e Ece Toksabay em Ancara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos