Coreia do Norte e EUA se chocam em fórum sobre desarmamento por conta de armas nucleares

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A Coreia do Norte informou nesta terça-feira que possui uma dissuasão nuclear “poderosa e confiável” para frustrar qualquer ataque e acusou os Estados Unidos de enviarem equipamentos militares para áreas próximas sob o pretexto de garantir segurança para os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang.

Han Tae Song, embaixador da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas em Genebra, pediu para os Estados Unidos suspenderem permanentemente seus exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul, suspensos antes dos Jogos, que começam em 9 de fevereiro, em meio a uma redução de tensões.

Han disse que contrárias à tendência em direção à “détente” (distensão), forças dos EUA estão participando de uma “precária manobra militar” ao levar componentes estratégicos para perto da dividida península coreana antes da competição.

“Este é um perigoso ato de jogar água fria na atual atmosfera positiva de relações intercoreanas, que pode levar a situação novamente para uma fase extrema de confronto”, disse Han à Conferência sobre Desarmamento, patrocinada pela ONU.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, disse nesta segunda-feira que um degelo nas relações entre as duas Coreias antes da Olimpíada de Inverno apresenta uma “chance preciosa” para os EUA e a Coreia do Norte discutirem sobre os programas bélicos norte-coreanos.

A Coreia do Norte está desenvolvendo tecnologias nucleares e de mísseis em meio a ameaças regulares de destruir os EUA e o Japão e em desafio às resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos