Pesquisa Ibope encomendada pelo governo aponta menor rejeição à reforma da Previdência, diz Moreira Franco

BRASÍLIA (Reuters) - Pesquisa Ibope encomendada pela Presidência da República aponta que teria aumentado o apoio da população à reforma da Previdência, com 44 por cento dos entrevistados se dizendo contrários às alterações, segundo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.

Em uma série de publicações no Twitter, Moreira afirmou que esta é a primeira vez que menos da metade dos entrevistados se mantém contrários à reforma.

O governo não liberou os dados completos da pesquisa nem qual seu conteúdo exato.

Ainda de acordo com o ministro, 63 por cento dos entrevistados concordam que servidores públicos e funcionários privados devem ter as mesmas regras previdenciárias.

"As pessoas estão se convencendo, cada vez mais, de que a reforma acabará com os privilégios de quem ganha muito e trabalha pouco, além de garantir investimentos em saúde e educação", escreveu Moreira em sua conta no Twitter.

De acordo com a assessoria da Secretaria-Geral, os dados foram recolhidos em todo o Brasil entre 25 e 29 de janeiro, mas não souberam informar o número de entrevistados.

O governo aposta na mudança de humor da população em relação à reforma para convencer os parlamentares da necessidade de votar a proposta agora em fevereiro. Há três semanas, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, apostava em resultado semelhante nesta próxima pesquisa.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos