Neve interrompe transportes na Irlanda, e Reino Unido convoca Exército em hospitais

Por Conor Humphries e Elisabeth O'Leary

Dublin, Edimburgo (Irlanda)

Tempestades de neve interromperam os meios de transportes na maior parte da Irlanda nesta sexta-feira (2) e obrigaram o Reino Unido a convocar o Exército para ajudar a combater um dos piores fenômenos climáticos vistos em quase 30 anos.

Após uma onda de frio siberiana apelidada de "Besta do Leste", o sul da Irlanda e do Reino Unido foi assolado pela Tempestade Emma, que chegou do sul e bloqueou estradas e impediu voos e a circulação de trens.

Nevascas ocorridas de madrugada provocaram acúmulos de neve de até 90 centímetros na Irlanda e na Escócia. A tempestade paralisou toda a rede de transporte público irlandesa, fechando os aeroportos do país e deixando as estradas "extremamente perigosas", alertou o governo.

Veja também:

No auge da tempestade, mais de 100 mil casas e empresas ficaram sem energia. Nesta sexta-feira a bolsa de valores irlandesa foi fechada, assim como escolas e a maioria dos escritórios do governo, já que um alerta climático vermelho continua vigente na maior parte do território.

"O país precisa ficar mais ou menos em hibernação hoje", disse o vice-primeiro-ministro, Simon Coveney, à emissora estatal RTE. "Com sorte continuaremos a atravessar estas condições climáticas anormais sem nenhuma tragédia."

Tolga Akmen/AFP
Pedestre caminha com um chapéu incomum durante nevasca em Londres, Reino Unido

No Reino Unido, uma menina de sete anos morreu na Cornualha, condado do extremo sudoeste, depois que um carro se chocou com uma casa devido à presença de gelo, noticiou a rede BBC.

Dezenas de passageiros passaram a noite presos em trens no sul da Inglaterra.

O Exército foi convocado para ajudar a resgatar centenas de motoristas presos na neve e a transportar funcionários do Serviço Nacional de Saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos