PUBLICIDADE
Topo

Coreia do Norte pede que EUA adotem "atitude séria" para paz e encerrem sanções

26/03/2018 14h13

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A Coreia do Norte disse nesta segunda-feira que seus esforços para buscar melhores laços com a Coreia do Sul estão recebendo amplo apoio internacional, e pediu que os Estados Unidos interrompam a imposição de sanções e a pressão sobre Pyongyang.

Ri Jong Hyok, diretor do Instituto de Reunificação Nacional da Coreia do Norte e vice-chefe da Suprema Assembleia do Povo, disse que seu país busca construir um "justo e pacífico novo mundo, livre da agressão e da guerra".

Nada pode impedir o objetivo do diálogo intercoreano e da reunificação, disse à assembleia geral da União Interparlamentar, em Genebra. Os esforços da Coreia do Norte para melhorar os laços bilaterais com a Coreia do Sul agora recebem um "amplo espectro de apoio" internacionalmente, disse.

"Agora é o momento de colocar um fim à anacrônica política hostil anti-RPDC dos Estados Unidos e a suas fúteis ações de sanções e pressão", disse Ri, usando o nome oficial do país, República Popular Democrática da Coreia (RPDC).

A posição consistente da Coreia do Norte é de resolver todos os problemas por meio do diálogo e da negociação, disse.

"Os Estados Unidos devem entender devidamente nossa posição e sair de uma maneira sincera e séria para contribuir positivamente para a manutenção da paz e da estabilidade na península coreana", disse Ri.