Secretário de Defesa dos EUA diz que reunião entre Trump e Kim ainda pode ocorrer

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, disse nesta sexta-feira que reunião de cúpula recém-cancelada entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte ainda pode acontecer se diplomatas tiverem sucesso na empreitada.

"Temos algumas notícias possivelmente boas sobre a cúpula coreana, segundo as quais ela pode, se nossos diplomatas tiverem sucesso, pode acontecer", disse Mattis a repórteres no Pentágono antes de uma reunião com o ministro da Defesa dinamarquês.

O presidente norte-americano, Donald Trump, havia dito algumas horas antes que é possível que a cúpula planejada com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, ainda ocorra em 12 de junho, como planejado originalmente, um dia depois de cancelar o encontro, citando a "raiva tremenda e a hostilidade aberta" de Pyongyang.

Trump descartou a reunião na quinta-feira depois de diversas ameaças da Coreia do Norte de desistir da renião em Cingapura devido ao que viu como comentários beligerantes de autoridades dos EUA.

Mattis disse que o vaivém recente entre Trump e a Coreia do Norte é parte do "toma lá, dá cá habitual" envolvido na realização de uma grande reunião de cúpula.

"Os diplomatas ainda estão trabalhando na cúpula, na possibilidade de uma cúpula, então essa é uma ótima notícia", disse Mattis.

Indagado se os militares dos EUA estão mudando de postura, Mattis respondeu: "Não estamos mudando nada neste momento, está seguindo firme. Os diplomatas estão na dianteira e no comando e lhes desejamos toda sorte para seguirem por um caminho frutífero".

   (Por Idrees Ali)

((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7719))

REUTERS MCP RBS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos