Trump diz que autoridade da Coreia do Norte vai a Nova York debater cúpula

Por Josh Smith e Hyonhee Shin

SEUL (Reuters) - Uma autoridade de alto escalão da Coreia do Norte está a caminho de Nova York para debater uma cúpula futura com os Estados Unidos, disse o presidente dos EUA, Donald Trump, nesta terça-feira, o sinal mais recente de que uma reunião já marcada e desmarcada entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pode acontecer no mês que vem.

"Montamos uma grande equipe para nossas conversas com a Coreia do Norte. Atualmente estão ocorrendo reuniões relativas à cúpula, e mais. Kim Young Chol, o vice-presidente da Coreia do Norte, está seguindo agora para Nova York. Resposta firme à minha carta, obrigado!", escreveu Trump no Twitter.

Kim Yong Chol, vice-presidente do Comitê Central do governista Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, deve viajar aos EUA na quarta-feira depois de ter conversado com autoridades chinesas em Pequim, relatou a agência de notícias sul-coreana Yonhap citando uma fonte não identificada.

As conversas indicam que o planejamento para a cúpula histórica, inicialmente agendada para 12 de junho, seguirá adiante, apesar de Trump ter cancelado a reunião na semana passada em uma carta ao líder norte-coreano.

Um dia depois o norte-americano disse ter reconsiderado a decisão, e autoridades dos dois países estão se reunindo para acertar os detalhes.

Kim Yong Chol será o funcionário mais graduado do regime norte-coreano a se encontrar com autoridades de primeiro escalão dos EUA para conversas em território norte-americano desde que o marechal Jo Myong Rok se reuniu com o então presidente Bill Clinton na Casa Branca em 2000.

Analistas acreditam que Washington está tentando descobrir se Pyongyang está disposta a aceitar medidas suficientes para uma desnuclearização para que a cúpula aconteça.

Enquanto isso, Kim Chang Son, o chefe de gabinete de fato do líder norte-coreano, voou para Cingapura via Pequim na noite de segunda-feira, noticiou a emissora estatal japonesa NHK.

Ao mesmo tempo, uma equipe avançada dos EUA também está viajando a Cingapura para se encontrar com norte-coreanos.

Já em Cingapura, uma equipe de autoridades dos EUA se hospedou em um hotel da ilha turística de Sentosa, mas não quis comentar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos