PUBLICIDADE
Topo

"Repugnante" que Maduro fecharia fronteiras para ajuda humanitária, diz o Reino Unido

22/02/2019 11h51

LONDRES (Reuters) - É "repugnante e totalmente inaceitável" que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, feche as fronteiras para a ajuda humanitária, disse na sexta-feira o ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt.

"Maduro fechar as fronteiras à ajuda humanitária enquanto os venezuelanos inocentes sofrem é repugnante e totalmente inaceitável. O bloqueio de qualquer ajuda é desumano, a entrada deve ser permitida. Os venezuelanos sofreram o suficiente", disse Hunt no Twitter.

(Por Costas Pitas)