PUBLICIDADE
Topo

Americana em navio atracado no Camboja testa positivo para coronavírus

Agentes de saúde desinfetam ambulância que transporta pacientes com o novo coronavírus, em Wuhan, na China - Li Yun/Xinhua
Agentes de saúde desinfetam ambulância que transporta pacientes com o novo coronavírus, em Wuhan, na China Imagem: Li Yun/Xinhua

15/02/2020 12h37

Uma norte-americana de 83 anos que era passageira de um navio de cruzeiro que atracou no Camboja testou positivo para o novo coronavírus ao chegar na Malásia, disseram autoridades de saúde neste sábado.

A mulher voou do Camboja para a Malásia na sexta-feira juntamente com 144 pessoas do navio, informou o Ministério da Saúde da Malásia em comunicado. O marido dela apresentou resultado negativo.

O MS Westerdam, operado pela unidade da Carnival Corp Holland America Inc, atracou no porto cambojano de Sihanoukville na quinta-feira, depois de ter sido evitado por cinco países por receio de que os passageiros estivessem com o vírus.

O Westerdam, transportando 1.455 passageiros e 802 integrantes da tripulação, passou duas semanas no mar.

Os passageiros foram testados regularmente a bordo e o Camboja também testou 20 depois que o navio atracou. Ninguém estava com o novo coronavírus que matou mais de 1.500 pessoas, a grande maioria na China.

Saúde