PUBLICIDADE
Topo

Mulher admite plano para explodir bomba na Catedral de St Paul em Londres

21/02/2020 12h55

LONDRES (Reuters) - Uma mulher se declarou culpada de duas acusações de terrorismo, inclusive ter a catedral de St Paulo em Londres como alvo possível de uma bomba, disse a polícia nesta sexta-feira.

Safiyya Shaikh, moradora de 36 anos de Hayes, no oeste de Londres, foi mantida sob custódia antes do anúncio de sua pena no tribunal Old Bailey no dia 11 de maio.

Em outubro, ela foi acusada de preparar atos terroristas, inclusive fazer contato com alguém que acreditava poder ajudá-la a fabricar explosivos e se hospedar em um hotel para fazer um reconhecimento.

O comunicado das acusações diz ainda que ela escolheu o hotel como alvo para um artefato explosivo e depois analisou a catedral como local para plantar uma segunda bomba. Ela também preparou um juramento de lealdade ao Estado Islâmico.

A segunda acusação se relaciona com a disseminação de publicações terroristas, acrescentou a polícia em um comunicado.

(Por Sarah Young)

Notícias