PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden pede que empregadores aumentem salários e ajudem a vacinar pessoas  

O presidente americano Joe Biden fez um apelo para que as empresas norte-americanas ajudem seus funcionários a conseguir acesso a vacinas - White House
O presidente americano Joe Biden fez um apelo para que as empresas norte-americanas ajudem seus funcionários a conseguir acesso a vacinas Imagem: White House

Nandita Bose

10/05/2021 20h29Atualizada em 10/05/2021 20h40

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, fez um apelo para que as empresas norte-americanas ajudem seus funcionários a conseguir acesso a vacinas e aumentem o salário deles enquanto promove uma infusão de 350 bilhões de dólares em auxílio federal a governos estaduais e locais, dizendo também que irá ajudar mais pais com acesso a serviços de creches para que eles possam voltar ao trabalho.

O Departamento do Trabalho reportou na sexta-feira que foram gerados 266 mil empregos em abril, número abaixo da expectativa de um milhão de empregos que muitos previam. Os republicanos culparam o aumento dos benefícios a desempregados pelos números, dizendo que os benefícios desencorajam as pessoas a voltarem a trabalhar.

"Minha expectativa é que, à medida que nossa economia volte, essas empresas possam oferecer salários justos e ambientes de trabalho seguros", disse Biden a jornalistas na Casa Branca. Ao fazer isso, afirmou, as empresas irão "encontrar muitos trabalhadores, e vamos todos sair disso juntos e melhores do que antes."

Biden também se defendeu dos críticos que disseram que a expansão da assistência a desempregados oferecida pelo pacote de auxílio contra a covid-19 aprovado em março está afastando norte-americanos do trabalho.

O presidente disse que o governo irá lembrar os Estados do país nesta semana que qualquer norte-americano desempregado que tenha recebido uma oferta de emprego precisa aceitá-lo, ou corre risco de perder o seguro desemprego.

Biden, do Partido Democrata, afirmou que está instruindo o Departamento do Trabalho dos EUA a trabalhar com os Estados para restabelecer os requisitos de que aqueles que recebem benefícios devem demonstrar que estão procurando trabalho ativamente.

Segundo Biden, fatores como fechamentos de escolas, restrições em creches e temores de contrair o coronavírus prejudicaram a criação de empregos no mês passado.

Coronavírus