PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Disparada de infecções entre jovens eleva casos de covid-19 na Espanha

Cerca de 89% dos espanhóis de mais de 40 anos já receberam ao menos uma dose, mas só 14% dos jovens de 20 a 29 anos - REUTERS/Susana Vera/Imagem de arquivo
Cerca de 89% dos espanhóis de mais de 40 anos já receberam ao menos uma dose, mas só 14% dos jovens de 20 a 29 anos Imagem: REUTERS/Susana Vera/Imagem de arquivo

Nathan Allen

05/07/2021 16h17Atualizada em 05/07/2021 16h31

MADRI (Reuters) - As infecções de coronavírus na Espanha aumentaram em 32.607 desde a sexta-feira, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira, 85% mais do que o aumento das semanas anteriores, agora que a variante Delta causa uma disparada entre jovens não vacinados.

Enquanto a taxa nacional de infecção de 14 dias chegou a 204 casos para cada 100 mil pessoas nesta segunda-feira, mais do que os 95 casos da semana passada, a cifra subiu para 640 casos entre os jovens de 20 a 29 anos, mostraram dados.

Outros países europeus, como França e Portugal, disponibilizam vacinações para todos os adultos, mas a Espanha trabalha com faixas etárias, o que significa que a maioria dos jovens ainda será inoculada.

Cerca de 89% dos espanhóis de mais de 40 anos já receberam ao menos uma dose, mas só 14% dos jovens de 20 a 29 anos.

"Neste momento, estamos em uma situação delicada em termos de transmissão, mas ao menos agora isto não está sendo refletido em termos de casos graves", disse o coordenador de emergências de saúde, Fernando Simon, em uma coletiva de imprensa.

Até agora, as internações hospitalares continuam em grande parte inalteradas, e a ocupação de unidades de tratamento intensivo está em menos de 7%.

Antes de as infecções começarem a subir, em meados de junho, o contágio vinha caindo continuamente desde abril, o que levou o governo a suspender uma exigência de uso de máscaras ao ar livre e a amenizar outras restrições.

Internacional