Promotor do TPI visitará Israel a pedido das vítimas de ataque do Hamas em 7 de outubro

(Reuters) - O promotor-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Karim Khan, está visitando Israel a pedido de sobreviventes israelenses e das famílias das vítimas dos ataques do Hamas em 7 de outubro, disse o tribunal nesta quinta-feira.

Khan também visitará Ramallah, na Cisjordânia ocupada, para se reunir com autoridades palestinas, disse o TPI.

A visita não será investigativa, disse o TPI, acrescentando que “representa (uma) oportunidade para expressar simpatia por todas as vítimas e iniciar o diálogo”.

No mês passado, as famílias das vítimas israelenses dos ataques do Hamas recorreram ao TPI para ordenar uma investigação sobre os assassinatos e raptos.

As famílias instaram Khan a concentrar a sua investigação nas ações do Hamas em 7 de outubro no sul de Israel, incluindo os desaparecimentos forçados, que o tribunal considera um crime contra a humanidade.

Homens armados do Hamas mataram 1.200 pessoas e fizeram 240 reféns, segundo Israel. Isso desencadeou um contra-ataque aéreo e terrestre por parte de Israel, no qual foram confirmados mais de 15.000 mortes entre habitantes de Gaza, de acordo com autoridades de saúde palestinas consideradas confiáveis pelas Nações Unidas. Outros 6.500 estão desaparecidos, muitos temem que ainda estejam enterrados sob os escombros.

(Reportagem de Rishabh Jaiswal em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes