Ministra da Saúde palestina diz que 260 pessoas morreram na Cisjordânia desde 7 de outubro

RAMALLAH (Reuters) - Duzentas e sessenta pessoas foram mortas e 3.200 ficaram feridas na Cisjordânia desde 7 de outubro, disse a ministra palestina da Saúde, Mai al-Kaila, em uma entrevista coletiva em Ramallah nesta terça-feira.

(Reportagem de Nayera Abdallah e Ahmed Elimam)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora