PUBLICIDADE
Topo

Novo protesto em Beirute reúne milhares e é marcado por confrontos entre polícia e manifestantes

08/08/2020 12h29

Milhares de pessoas se reuniram na tarde deste sábado (8) em Beirute para manifestar contra as autoridades do país, quatro dias após as explosões que devastaram bairros inteiros na região portuária da capital libanesa. O protesto foi marcado por confrontos com a polícia.

Milhares de pessoas se reuniram na tarde deste sábado (8) em Beirute para manifestar contra as autoridades do país, quatro dias após as explosões que devastaram bairros inteiros na região portuária da capital libanesa. O protesto foi marcado por confrontos com a polícia.

Os manifestantes tentaram ultrapassar o perímetro de segurança instalado pelas autoridades nos arredores do Parlamento libanês. A polícia reagiu lançando bombas de gás lacrimogênio, enquanto alguns participantes atiravam pedras.

"O povo quer a queda do regime", gritavam os manifestantes, enquanto outros carregavam bandeiras com os dizeres "Assassino". Em um dos cartazes era possível ler a mensagem "demissão ou enforcamento".

O protesto é mais uma reação da população após as explosões de terça-feira (4) no porto de Beirute, que deixaram pelo menos 6 mil feridos e 158 mortos, segundo o balanço mais recente. Os manifestantes reclamam da inércia do governo, que é acusado de corrupção. A tragédia serviu de estopim para novas manifestações em um país que já atravessava uma grave crise política e econômica.