"Mini-helicóptero" com celulares a bordo é encontrado perto de rodovia no interior de SP

José Bonato
Do UOL, em Ribeirão Preto (SP)

  • Divulgação

    Polícia suspeita de que os celulares seriam lançados dentro do presídio P-2, localizado perto da rodovia

    Polícia suspeita de que os celulares seriam lançados dentro do presídio P-2, localizado perto da rodovia

A Polícia Militar de Presidente Venceslau (611 km de São Paulo) encontrou na manhã desta quarta-feira (30) um tipo de mini-helicóptero, dirigido por controle remoto, com sete aparelhos de telefone celular a bordo.

O aeromodelo foi achado numa das margens da rodovia Raposo Tavares, e a suspeita é de que os celulares seriam lançados dentro do presídio P-2, considerado de segurança máxima e localizado próximo à rodovia.

No local cumprem pena bandidos considerados de alta periculosidade, entre eles membros do PCC (Primeiro Comando da Capital). A PM não prendeu nenhum suspeito de ser o responsável pela operação.

O aparelho foi encontrado por um funcionário da concessionária da rodovia, a Cart (Concessionária Auto Raposo Tavares), que comunicou a Polícia Militar. A PM informou que, por enquanto, não tem mais detalhes sobre o caso porque está fazendo perícias no local.

Esta não é a primeira vez que comparsas de marginais que estão no presídio tentam infiltrar aparelhos e drogas na penitenciária de forma ousada. Em 2009, uma ação semelhante foi tentada com o auxílio também de um mini-helicóptero. Quatro pessoas foram presas.

No ano passado, por duas vezes, em janeiro e agosto, tentou-se introduzir celulares no presídio mediante o uso de um arco e flechas. Quatro pessoas foram flagradas pela Polícia Militar, duas delas adolescentes.

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos