Processo de impeachment

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/04/15/sessao-da-camara-define-avanco-do-impeachment.htm
  • totalImagens: 132
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160415101051
    • Crise no governo Dilma [60855]; impeachment [29403]; Política [28132];
Fotos

15.abr.2016 - Deputados acordaram cedo à espera da abertura das inscrições para discursar amanhã nos debates sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff Felipe Amorim/UOL Mais

15.abr.2016 - A permanência da presidente Dilma Rousseff à frente do país começa a ser debatida pelo plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Pela manhã, parlamentares já se encontravam no plenário aguardando o início da sessão Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - O deputado Jovair Arantes (PTB-GO) cumprimenta o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), antes da primeira sessão sobre o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Arantes é o relator da Comissão de Impeachment Pedro Ladeira/Folhapress Mais

15.abr.2016 - A permanência da presidente Dilma Rousseff à frente do país começa a ser debatida pelo plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, abriu sessão 'sob proteção de Deus'. Alguns deputados que acompanhavam a abertura da sessão gritaram 'viva a democracia' e 'fora Dilma' Alex Ferreira / Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - Deputados lotam plenário da Câmara para o debate do impeachment da presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira (15) Alex Ferreira/Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - O jurista Miguel Reale Júnior, um dos autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, discursa nesta sexta-feira (15), no plenário da Câmara. Os deputados federais começam a analisar a abertura do processo de impeachment Alex Ferreira / Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, faz pronunciamento em defesa da presidente Dilma Rousseff. Durante o discurso, Cardozo declarou: 'Crime de responsabilidade só se configura com má-fé. Onde está o dolo?'. Os deputados federais começam a analisar a abertura do processo de impeachment Alex Ferreira / Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - Deputados a favor do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff exibem faixas e cartazes no plenário da Câmara. Os deputados federais começaram nesta sexta-feira (15) a analisar a abertura do processo de impeachment Márcio Neves/UOL Mais

15.abr.2016 - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), fala durante o início da sessão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Evaristo Sá/AFP Mais

15.abr.2016 - O deputado Jovair Arantes (PTB-GO) conversa o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), antes da primeira sessão sobre o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Arantes é o relator da Comissão de Impeachment Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - Ministro da AGU (Advocacia-Geral da União), José Eduardo Cardozo, discursa em meio a manifestações de parlamentares contrários ao impeachment do governo Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados Evaristo Sá/AFP Photo Mais

15.abr.2016 - Parlamentares favoráveis à saída de Dilma Rousseff fazem inscrição para discursar durante o debate na sessão do impeachment Diego Padgurschi/Folhapress Mais

15.abr.2016 - Parlamentares contrários à saída de Dilma Rousseff fazem inscrição para discursar durante o debate na sessão do impeachment Diego Padgurschi/Folhapress Mais

15.abr.2016 - Deputados Paulo Maluf (PP-SP) e Simão Sessim (PP-RJ) sorriem durante sessão que debate o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - O líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA), discursa no plenário da Câmara dos Deputados enquanto parlamentares da oposição seguram faixas e cartazes pedindo o impeachment de Dilma Rousseff. 'Ela mentiu aos brasileiros e os induziu a erro ao prometer o que não poderia cumprir', argumentou Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), discursa no plenário da Câmara dos Deputados durante debate sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff. 'Se a oposição afirma ter votos suficientes [para aprovar o processo], que mostre sua lista. Eu tenho a minha aqui. Nós não teremos menos de 200 votos", garantiu Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - Se o plenário estava cheio pela manhã, após cinco horas de debate, às 14h desta sexta (15), os deputados já discursavam para um ambiente esvaziado, fosse na defesa do impeachment ou do governo Dilma Rousseff. Previsão é de que a discussão avance até a madrugada do sábado (16). Cada um dos 25 partidos tem direito a uma hora de fala, que pode ser dividida por até cinco deputados Agência Brasil Mais

15.Abr.2016 - Parlamentar Ivan Valente (PSOL-SP) discursa durante debate sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no plenário da Câmara dos Deputados. Enquanto isso, colega Chico Alencar (PSOL-RJ) segura cartaz em protesto contra o presidente da casa, Eduardo Cunha (PMDB/RJ) Ananda Borges/Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - Deputado Manoel Júnior (PMDB-PB) segura cópia da Constituição enquanto discursa em favor do impeachment de Dilma Rousseff e a favor do Parlamentarismo: "Se observarmos a história da República Velha e da República Nova, não tivemos 20 anos [seguidos] de tranquilidade", defendeu Ananda Borges/Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - Deputado João Daniel (PT-SE) ostenta sobre os ombros faixa com os dizeres "Fora Cunha" enquanto discursa contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados. Protesto é contra o presidente da casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Reprodução Mais

15.abr.2016 - Deputados favoráveis ao impeachment empunharam cópias da Constituição e faixas com a expressão "Tchau querida!" - referente ao telefonema em que Dilma Rousseff discute com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o termo de posse dele como ministro da Casa Civil - durante sessão de debate sobre a possível cassação do mandato da presidente Ananda Borges/Câmara dos Deputados Mais

15.abr.2016 - Deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) faz selfie com o relator do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, Jovair Arantes (PTB-GO), durante sessão na Câmara dos Deputados André Dusek/Estadão Conteúdo Mais

15.abr.2016 - Relator do processo de impeachmet da presidente Dilma Rousseff, Jovair Arantes (PTB-GO) leva a gravata à boca durante sessão no plenário da Câmara dos Deputados. Ao seu lado, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

15.abr.2016 - Deputados contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) posam para fotos carregando uma faixa em apoio à petista com a frase "não vai ter golpe" Leandro Souza/UOL Mais

15.abr.2016 - Deputados contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) posam para fotos carregando uma faixa em apoio à petista com a frase "não vai ter golpe" Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

15.abr.2016 - Deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) discursa durante sessão especial na Câmara para votação do parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que recomenda a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2015 - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) sugeriu, durante discurso no Plenário da Câmara na madrugada deste sábado (16), que o governo federal planeja um atentado terrorista para não entregar o poder. O deputado disse ainda não acreditar que o PT irá entregar o poder mesmo após a votação do impeachment Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - O deputado Wladimir Costa (Solidariedade-PA) usa confetes durante o seu discurso durante sessão que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - Deputados fazem 'selfie' no plenário da Câmara, em Brasília, durante sessão que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - Deputado Ivan Valente (PSOL-SP), em seu discurso na Câmara, lembra posição de seu partido de oposição ao PT. Mesmo assim, reforça críticas ao presidente da casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "Por isso, nós entendemos que, diferente da ideia da golpista Fiesp, quem é a favor do impeachment, não é contra a corrupção", assegura. "Queremos justiça, verdade e punição, doa a quem doer Aílton de Freitas / Agência O Globo Mais

16.abr.2016 - O plenário da Câmara do Deputados, em Brasília, ficou deserto durante sessão que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito, na madrugada deste sábado (16) Wilson Dias/ Agência Brasil Mais

16.abr.2016 - Deputados Paulo Pimenta (PT-RS) e Mariana Carvalho (PSDB-RO) participam da sessão da Câmara dos Deputados que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito Ueslei Marcelino/Reuters Mais

16.abr.2016 - Deputados exibem uma faixa contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante a sessão da Câmara dos Deputados que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito Luis Macedo / Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - A deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) criticou a ausência de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) durante a sessão da Câmara dos Deputados que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito. Entretanto, mesmo contrária ao impeachment, ex-petista diz que Dilma Rousseff desrespeita promessas políticas e adota políticas econômicas de oposição Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.abr.2016 - "Se pedaladas fiscais fossem crime, o conspirador e vice-presidente decorativo Michel Temer deveria estar impedido de assumir a presidência", afirmou Jean Willys (PSOL-RJ) em discurso na Câmara dos Deputados, durante a sessão que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito Luis Macedo / Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - A deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) criticou a ausência de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) durante a sessão da Câmara dos Deputados que discute se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff deve ser aceito. Entretanto, mesmo contrária ao impeachment, ex-petista diz que Dilma Rousseff desrespeita promessas políticas e adota políticas econômicas de oposição Reprodução/Facebook Mais

16.abr.2016 - Deputados a favor e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) protestam com cartazes na Câmara Ananda Borges/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - Com faixa na cabeça com a frase "Não vai ter golpe", o deputado Assis Carvalho (PT-PI) discursa contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - Tetraplégica, a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) discursa em pé, com o apoio de sua cadeira de rodas, a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Luis Macedo/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - Deputado discursa diante do painel do plenário da Câmara no segundo dia da sessão que discute o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Lalo de Almeida/Folhapress Mais

16.abr.2016 - Em seu discurso, o vice-líder do governo na Câmara, o deputado federal Silvio Costa (PTdoB-PE) disse está com "nojo" do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). "Cheguei a beber vinho com ele, mas agora não tenho outra palavra para esse cara a não ser nojo", afirmou Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), discute com o líder do PT na Casa, deputado Afonso Florence (BA), em sessão que discute o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) André Dusek/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - Deputados a favor e contrários ao impeachment se manifestam em sessão que discute o processo contra a presidente Dilma Rousseff (PT) Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - O deputado Caio Nárcio (PSDB-MG), a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, beija a mão da deputada Maria do Rosário (PT-RS), que é contrária ao processo, durante sessão que discute o afastamento a presidente do poder Executivo Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Mais

16.abr.2016 - Uma menina tenta subir no plenário da Câmara enquanto o deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE) fala sobre processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff Valter Campanato/Agência Brasil Mais

16.abr.2016 - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside sessão de discussão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, em Brasília Lalo de Almeida/Folhapress Mais

16.abr.2016 - Menina usa tribuna do plenário da Câmara dos Deputados como escorregador durante sessão que debate o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Com 35 horas ininterruptas de duração, a sessão de discussão do parecer sobre a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff já é considerada a mais longa da história da Câmara dos Deputados Alex Ferreira/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - A deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) (à esq.) faz imagens da sessão de discussão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, em Brasília Luis Macedo/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - Deputados contra e a favor do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff erguem faixas no plenário da Câmara dos Deputados Renato Costa/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Deputados se reúnem para votar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, em Brasília. Se houver 342 votos favoráveis (dois terços do total de deputados), a Câmara autoriza o Senado a abrir um processo de julgamento da presidente pelos supostos crimes de responsabilidade, tipo de infração política que pode levar ao impeachment Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Grupos de deputados pró e contra o impeachment entoaram gritos e ficaram frente a frente no Salão Verde pouco antes de entrar no Plenário da Câmara, em Brasília. Se houver 342 votos favoráveis (dois terços do total de deputados), a Câmara autoriza o Senado a abrir um processo de julgamento da presidente pelos supostos crimes de responsabilidade, tipo de infração política que pode levar ao impeachment Wellington Ramalhoso/UOL Mais

17.abr.2016 - O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), abriu a sessão em que os deputados decidirão, em votação aberta, sobre a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). São necessários 342 votos na Casa de 513 parlamentares para que o processo avance rumo ao Senado Marcio Neves/UOL Mais

17.abr.2016 - A sessão em que os deputados decidirão, em votação aberta, sobre a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) começou tumultuada. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pediu que faixas e cartazes fossem retirados da tribunal. São necessários 342 votos na Casa de 513 parlamentares para que o processo avance rumo ao Senado Nilson Bastian / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - A sessão em que os deputados decidirão, em votação aberta, sobre a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) começou tumultuada. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pediu que faicas e cartazes fossem retirados da tribunal. São necessários 342 votos na Casa de 513 parlamentares para que o processo avance rumo ao Senado Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Jovair Arantes (PTB-GO), relator na comissão do impeachment, afirmou em seu pronunciamento que não vê diferença entre aquele que pratica corrupção e aquele que mascara as contas. "Não é golpe", disse o relator ao defender o impeachment Antonio Augusto / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputados contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff levantam faixa pedindo a saída do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do cargo. São necessários 342 votos na Casa de 513 parlamentares para que o processo avance rumo ao Senado Eraldo Peres/AP Mais

17.abr.2016 - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), tenta conter o ânimo dos parlamentares antes do início da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Ricardo Botelho/Brazil Photo Press Mais

17.abr.2016 - O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, levanta um exemplar da Constituição brasileira. Apoiadores de Dilma dizem que o afastamento fere a Constituição Ueslei Marcelino/Reuters Mais

17.abr.2016 - O deputado Paulinho da Força (SD-SP), líder do seu partido na Câmara, orientou os deputados do seu partido a votarem a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O deputado cantou uma paródia da música "Pra não dizer que não falei das flores", de Geraldo Vandré Charles Sholl/Futura Press/Agência Estado Mais

17.abr.2016 - Deputado Giovani Cherini (PDT-RS) anuncia voto "sim" pelo impeachment de Dilma Rousseff Reprodução Mais

17.abr.2016 - O deputado Marco Maia (PT-RS) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Henrique Fontana (PT-RS) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Pedro Ladeira/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Com uma faixa "fora Cunha" em seus ombros, protestando contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, Paulo Pimenta (PT-RS), vota "não" ao impeachment de Dilma Rousseff Reprodução Mais

17.abr.2016 - A deputada Jozi Araújo (PTN-AP) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução Mais

17.abr. 2016 - O deputado Nilson Pinto (PSDB-PA) votou pela aprovação do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Wladimir Costa (SD-PA) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Alfredo Kaefer (PSL-PR) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Deputado Rubens Bueno (PPS-PR) vota pela continuação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O voto do deputado Giacobo (PR-PR) pelo "sim" causou grande comemoração entre os deputados pró-impeachment na Câmara Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Zeca Dirceu (PT-PR) foi um dos poucos de seu Estado a votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Deputados se aglomeram para esperar sua vez de votar a favor ou contra a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A votação começou pelo Estado de Roraima Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputados aguardam para votar pela autorização ou não da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no plenário da Câmara. Os votos começaram pelo Estado de Roraima Marcelo Camargo/Agência Brasil Mais

17.abr.2016 - Na bancada da Câmara, o deputado Zeca do PT (PT-MS) anunciou seu voto contra o impeachment da presidente Dilma (PT) Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Deputado Pauderney Avelino (DEM-AM) vota pela continuação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Ao anunciar seu voto, o deputado Alfredo Nascimento (PR-AM) lembrou que a maioria do partido, do qual é presidente nacional, é contra o impeachment da presidente Dilma (PT). Nascimento, então, renunciou à presidência do partido e declarou voto "sim" pelo impeachment Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Expedito Netto (PSD-RO) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff e declarou ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha: "Meu próximo voto será pelo seu impeachment" Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Nilton Capixaba (PTB-RO) declarou voto "sim" ao impeachment e ergueu bandeira de seu Estado Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado João Campos (PRB-GO) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O relator do parecer do impeachment na Comissão Especial, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), vota pela continuação do processo segurando uma bandeira do Brasil, na Câmara dos Deputados Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputado Wladimir Costa (SD-PA) solta confetes logo após votar pela continuação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

16.abr.2016 - A deputada Erika Kokay (PT-DF) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Presidente da Comissão Especial do Impeachment, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) repetiu o voto que já havia dado na comissão e disse "sim" à aprovação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - A deputada Jéssica Sales (PMDB-AC) foi até filmada por outro parlamentar enquanto declarava seu voto na Câmara. Ela disse "sim" ao impeachment da presidente Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Em discurso inflamado, o deputado César Messias (PSB-AC) votou contra o impeachment da presidente Dilma Roussef Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Irajá Abreu (PSD-TO) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Andrés Sanchez (PT-SP), ex-presidente do Corinthians, votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Líder do PSDB na Câmara, anunciou voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Bruno Covas (PSDB-SP) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução TV Câmara Mais

17,abr,2016 - Com vestimenta militar, o deputado Capitão Augusto (PR-SP) exaltou a polícia e votou favoravelmente ao impeachment da presidente Dilma (PT) Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Celso Russomano (PRB-SP) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) vota a favor da continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Figura conhecida da política brasileira, a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) votou contra o impeachment da presidente Dilma (PT). Erundina, que é pré-candidata à Prefeitura de São Paulo, citou o "empoderamento das mulheres" em seu discurso Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Ex-ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB-SP) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Paulo Maluf (PP-SP) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Pastor Marco Feliciano )PSC-SP), que deve ser candidato à Prefeitura de São Paulo, citou evangélicos e movimentos contrários à presidente Dilma (PT) para votar a favor do processo de impeachment Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado e cantor Sérgio Reis (PRB-SP) votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputado Vicentinho (PT-SP) foi um dos poucos parlamentares do Estado de São Paulo a votar contra o impeachment de Dilma Rousseff Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Na estreia no microfone da Câmara, o deputado Tiririca (PR-SP) foi sucinto e disse "sim" ao impeachment da presidente Dilma (PT). O nome do personagem foi comemorado pelos deputados pró-impeachment Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputado Wladimir Costa (SD-PA) solta confetes logo após votar pela continuação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados Marcelo Camargo/Agência Brasil Mais

17.abr.2016 - O deputado Sarney Filho (PV-MA), filho de José Sarney, votou favoravelmente ao pedido de impeachment, como indicado pelo seu partido Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Um dos deputados mais citados na semana, Waldir Maranhão (PP-MA) votou contra o impeachment. O deputado é aliado de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e pertence ao PP, que indicou voto favorável ao processo, mas se mostrou contra a saída da presidente Dilma (PT) Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Líder do governo na Câmara, o deputado José Guimarães (PT-CE) cumpriu a função esperada e disse "não" ao impeachment da presidente Dilma (PT) Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) disse não ao impeachment comandado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Filha de Roberto Jefferson, uma das maiores figuras do mensalão, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) citou o pai ao justificar o voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - "Que Deus tenha misericórdia desta nação", disse Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ao votar, como previsto, pelo impeachment da presidente Dilma (PT). Presidente da Câmara, Cunha é investigado por corrupção no STF (Supremo Tribunal Federal) e enfrenta processo de cassação no Conselho de Ética da própria Câmara Antônio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) chamou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de "gangster" e disse que a cadeira de Cunha cheira a enxofre. Glauber foi contrário ao pedido de impeachment aberta pelo presidente da Câmara Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Como esperado, Jair Bolsonaro (PSC-RJ) deu declaração inflamada e polêmica ao aceitar o impeachment da presidente Dilma (PT). Entre as frases ditas, estão: "perderam em 64 e perderam de novo agora em 2016", "contra o comunismo", "pelo exército" e "pelas forças armadas" Reprodução;TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Uma das mais ativas deputadas pró-governo, Jandira Feghali (PCdoB-RJ) declarou voto contrário ao impeachment Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Jean Wyllys fez declaração inflamada e emocionada ao rejeitar o impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara e investigado em diversos casos de corrupção, foi bastante criticado por Jean. A defesa das minorias também foi citada pelo deputado Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cospe no deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ, de costas com o braço levantado) durante a sessão da Câmara dos Deputados que vota pela continuidade ou não do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Durante sua fala, Wyllys chamou os apoiadores do impeachment de "canalhas" Alan Marques/ Folhapress Mais

17.abr.2016 - O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cospe no deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ, de costas com o braço levantado) durante a sessão da Câmara dos Deputados que vota pela continuidade ou não do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Durante sua fala, Wyllys chamou os apoiadores do impeachment de "canalhas" Alan Marques/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Ministro da Saúde, o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) se licenciou do cargo para votar contra o impeachment da presidente Dilma (PT). O ministro elogiou a honestidade da presidente Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Deputado Tiririca (PR-SP) é afagado por seus colegas logo após votar pela continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados Alan Marques/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Ex-ministro do Esporte, George Hilton (PROS-MG) lembrou os que lutaram pelo voto popular ao votar contra a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma (PT). Hilton afirmou que as ruas deveriam ser consultadas e estão divididas, além de dizer que Dilma é "honrada" Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - O deputado Cacá Leão (PP-BA) se absteve de votar pelo impeachment. Na justificativa, o parlamentar disse que não pode romper com as origens e que respeita a posição de seu partido, que ordenou que todos votassem pelo impeachment de Dilma (PT) Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - A deputada Moema Gramacho (PT-BA) teve que lidar com a falta de respeito de outros deputados ao tentar dar seu voto contrário ao impeachment da presidente Dilma (PT). Outros parlamentares ficaram gritando a todo o tempo e atrapalharam a fala da deputada Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Nova titular do Conselho de Ética da Câmara que julga a cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a deputada Tia Eron (PRB-BA) foi ovacionada por deputados enquanto dava seu voto a favor do impeachment da presidente Dilma (PT). A nova titular substitui um deputado contrário a Cunha no conselho, em uma suposta manobra do parlamentar para fugir da condenação por quebra de decoro após mentir em uma CPI, e já elogiou o atual presidente da Câmara Reprodução/TV Câmara Mais

17.abr.2016 - Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, comanda sessão que decide se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff continua ou não Antônio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputados se aglomeram na Câmara dos Deputados para votar na sessão que decide se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff continua ou não Antônio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Com a votação já encaminhada contra a presidente Dilma (PT), coube ao deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) dar o voto 342, que admitiu o processo de impeachment. O parlamentar foi festejado por colegas oposicionistas aos gritos de "eu sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor" Nilson Bastian / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Com a votação já encaminhada contra a presidente Dilma (PT), coube ao deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) dar o voto 342, que admitiu o processo de impeachment. O parlamentar foi festejado por colegas oposicionistas aos gritos de "eu sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor" Nilson Bastian / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) foi cercado por outros parlamentarem oposicionistas à presidente Dilma (PT) na expectativa do voto derradeira a continuidade do processo de impeachment Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Deputados festejam com papéis picados a aprovação da continuidade do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Parlamentares contrários ao governo de Dilma Rousseff (PT) gritam e fazem festa na Câmara com a aprovação da continuidade do impeachment da presidente Dilma (PT). A ação agora segue para o Senado julgar Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - Placar final na Câmara dos Deputados: 367 votos a favor do impeachment da presidente Dilma (eram necessários 342), 137 contrários e sete abstenções Antonio Augusto / Câmara dos Deputados Mais

17.abr.2016 - O deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), autor do voto de número 342 pró-impeachment, foi carregado por outros parlamentarem favoráveis à queda da presidente Dilma Rousseff (PT) Renato Costa/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Na Câmara, deputados agitam bandeiras do Brasil e de seus Estados após a aprovação da continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma (PT). Oposição teve vitória importante no plenário Alan Marques/Folhapress Mais

17.abr.2016 - "Maestro" do impeachment da presidente Dilma (PT), o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, conversa com jornalistas após aprovação do processo no plenário da casa. A continuidade do impeachment é uma vitória pessoal de Cunha, desafeto da presidente e que é investigado na Comissão de Ética da Câmara por quebra de decoro Renato Costa/Folhapress Mais

17.abr.2016 - Deputado Eduardo Cunha é cercado por jornalistas após aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). O parlamentar, investigado no STF (Superior Tribunal Federal) por corrupção, é um dos principais entusiastas da saída da presidente Renato Costa/Folhapress Mais

Câmara dos Deputados analisa e vota pedido de impeachment

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos