PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Desmatamento da Amazônia cresce 9,5% em 2019 e atinge recorde desde 2008

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. No UOL, Reinaldo trata principalmente de política; envereda, quando necessário - e frequentemente é necessário -, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Colunista do UOL

30/11/2020 16h43

O desmatamento da Amazônia teve uma alta de 9,5% no último ano e voltou a atingir a maior taxa desde 2008. Entre agosto do ano passado e julho deste ano, a devastação da floresta alcançou 11.088 km², ante 10.129 km² registrados nos 12 meses anteriores. A área devastada nesse último ano equivale a 7,2 vezes a da cidade de São Paulo.

Essa é a estimativa do Prodes - o sistema do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que fornece a taxa oficial do desmatamento da Amazônia no período de um ano - divulgada nesta segunda-feira, 30, durante visita do vice-presidente Hamilton Mourão, e do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, ao Inpe. Os dados consolidados serão apresentados no primeiro semestre do ano que vem. Está prevista para as 17h30 uma coletiva de imprensa dos dois. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não estará na coletiva. (...) Leia íntegra no Estadão.