PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

STF apura contradição sobre violação de tornozeleira de Daniel Silveira

19/04/2021 16h52

O Supremo Tribunal Federal (STF) apura se o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) cometeu violações em seu monitoramento eletrônico durante a prisão domiciliar.

Em 16 de fevereiro, Silveira foi preso em flagrante por crime inafiançável após divulgar em rede social vídeo no qual defende o AI-5 — instrumento mais duro da ditadura militar — e a destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal, o que é inconstitucional. (...) Leia íntegra no G1.