PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

"Não aceito que eu deva ser punido, mas sei que serei", diz Daniel Silveira

18/05/2021 19h22

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) disse que, por mais que não concorde, considera inevitável sua punição pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. "Não aceito que eu deva ser punido, mas sei que serei", disse o parlamentar fluminense, durante sessão do colegiado nesta terça-feira (18) para tomar seu depoimento.

Daniel segue em prisão domiciliar por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), que o prendeu em flagrante em fevereiro, após o parlamentar indicar ser a favor da prisão de ministros da corte, além de se mostrar de maneira favorável ao Ato Institucional nº5 (AI-5), o mais truculento de toda a ditadura militar. O deputado respondeu perguntas do relator do seu caso no Conselho, Fernando Rodolfo (PL-PE), e de outros parlamentares. (...) Leia íntegra no Congresso em Foco.