PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Governo não prevê racionamento de energia, diz ministro, que pede economia

Conteúdo exclusivo para assinantes

17/06/2021 12h57

O governo brasileiro não trabalha com hipótese de racionamento de energia em meio à crise hídrica, mas por conta de um maior despacho de eletricidade termelétrica o consumidor pagará mais, disse nesta quinta-feira o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

As afirmações vêm em momento em que o governo trabalha em diversas frentes para garantir o abastecimento elétrico do país, diante de uma grave crise hidrológica, após o país ter registrado a pior estação chuvosa para as hidrelétricas em mais de 90 anos. (...) Leia íntegra no UOL.